24 de Julho de 2019

POLÍTICA Domingo, 16 de Junho de 2019, 12h:06 - A | A

Com saída de Misael, PSB quer França na briga pela Prefeitura de Cuiabá em 2020

Jacques Gosch- RD News

image

residente do PSB de Mato Grosso, o deputado estadual Max Russi convidou o comunicador Roberto França para ingressar no partido e concorrer a prefeito de Cuiabá em 2020. Segundo ele, França recebeu o convite com entusiasmo e marcou outra reunião para agosto.

Ao ,  Max revelou que o pré-candidato do PSB na Capital seria o presidente da Câmara Misael Galvão. Entretanto, o vereador optou por migrar para o PTB, após articulação do prefeito Emanuel Pinheiro .

“Com a saída do Misael, decidimos convidar o Roberto França, que já foi prefeito da Capital e deixou um grande legado. Ele gostou da ideia. Disse que o PSB é um partido leve e ficou de nos procurar em agosto. O partido está de portas abertas para recebê-lo e ajudar a viabilizar a candidatura”, disse Max, durante o Seminário Político sobre as Eleições de 2020, realizado neste sábado (15).

Atualmente filiado no PV, Roberto França foi prefeito de Cuiabá entre 1997 e 2004. Começou sua carreira política nos anos 70, quando elegeu-se vereador na  Capital e presidiu a Câmara. Exerceu quatro mandatos de deputado estadual (1981 a 1994), ocupando os cargos de presidente e primeiro-secretário da Assembleia. Ele também foi deputado federal entre 1995 e 1996.

Outro nome aventado como possível candidato a prefeito de Cuiabá pelo PSB é o empresário João Dorileo Leal. Filiado ao PSDB, o proprietário do Grupo Gazeta de Comunicação também vem mantendo conversações com Max.

Hoje, Max foi reconduzido à presidência do diretório estadual do PSB. O parlamentar, agora eleito, havia assumido o cargo de forma provisória em 2017, quando o deputado federal Valtenir Pereira deixou o partido para retornar ao MDB.

Imprimir


Comentários